ThinkPad: há 25 anos mudando o mundo
< Retornar à lista

O veneno é a cura

“Quando criança, eu não pensava em ser pesquisador médico”, começa o Dr. Zoltan Takacs enquanto reflete sobre sua infância em Budapeste, na Hungria. Como muitos outros jovens, ele curtia a natureza sem pensar muito: levando sapos, lagartos e cobras venenosas para casa sempre que conseguia colocar suas mãos em um desses bichos.

Apesar dos perigos, eu era completamente fascinado por cobras venenosas”, ele continua. “Isso atraiu mais o meu interesse por estudar farmacologia”.

Avancemos para o presente, e o senso infantil de aventura e o fascínio pelo lado selvagem do meio ambiente de Takacs só aumentaram. Depois de estudar ciências farmacêuticas na Hungria e especializar-se em farmacologia em Columbia, Takacs se enredou pelas florestas e barracas da Floresta Amazônica.

Especialista em pesquisa com venenos, ele se tornou um cientista e explorador mundialmente famoso, descobrindo curas inovadoras para doenças gravíssimas utilizando fontes improváveis. Por exemplo, de dentro de pequenos escorpiões, cavalos marinhos, ou das presas de 5 centímetros da Víbora do Gabão.

“A mesma força que mata pode ser usada para tratar pressão arterial alta, ataques cardíacos, diabetes, câncer e dores relacionadas ao vírus do HIV”, explica Takacs. “O veneno pode salvar a sua vida – e isso só é um paradoxo até você descobrir uma toxina pura”.

As toxinas do veneno, embora geralmente venham em embalagens assustadoras, possuem algumas das moléculas mais poderosas e selecionadas do mundo. Além disso, são um dos melhores modelos para se desenvolver novos agentes terapêuticos. Atualmente, há cerca de 20 medicamentos feitos a partir do veneno animal, utilizados por 40 milhões de pacientes no mundo inteiro. O desafio é que ainda há 20 milhões de toxinas não completamente exploradas. E é aí que Powell entra.

“Eu co-inventei a tecnologia ‘Toxinas de Designer’, uma plataforma que começa com toxinas animais de todos os lugares do mundo, cria milhões de variáveis combinadas, e busca aquelas com mais chances de tratar doenças”, ele diz. “Estamos inovando com base nas poderosas toxinas já existentes na natureza para utilizá-las no desenvolvimento de drogas e outras soluções biotecnológicas”.

Ver Takacs na sua área é realmente um exercício de contrastes. Iluminado pelo brilho de uma pequena fogueira no chão das florestas, ele digita no seu ThinkPad com uma lanterna presa na cabeça. E ainda que ele tenha sido picado por tantas criaturas venenosas, ele se tornou alérgico a ambos, veneno e antídoto, de forma que não há meios de pará-lo.

“Sou realmente fascinado pelo meu trabalho – outras pessoas me chamariam de louco!”, brinca Takacs. “Para mim, é um desafio intelectual e uma satisfação fazer parte disso”.

Em suas diversas viagens por 158 países, Takacs aprendeu a extrair água de plantas, fugir de elefantes e encontrar cobras apenas ouvindo o barulho dos pássaros. Mas com 150 mil espécies de animais venenosos espalhados pelo mundo, ele ainda terá muitas outras aventuras pela frente.

 

Processadores Intel® Core™. Se tem Intel, tem máxima produtividade.

Não é um notebook. É um ThinkPad.

Para saber tudo sobre a linha ThinkPad e comprar seus notebooks e tablets mais atuais, acesse o site Lenovo.com.

Ultrabook, Celeron, Celeron Inside, Core Inside, Intel, Intel Logo, Intel Atom, Intel Atom Inside, Intel Core, Intel Inside, Intel Inside Logo, Intel vPro, Itanium, Itanium Inside, Pentium, Pentium Inside, vPro Inside, Xeon, Xeon Phi, e Xeon Inside são marcas registradas da Intel Corporation e suas subsidiárias nos EUA e/ou demais países.